Infraestrutura da internet

Infraestrutura da internet brasileira

Um testador de segurança tem que conhecer cada elemento da complexa teia (web) composta por roteadores, switches,  hubs, bridges, modems e acompanhar as evoluções arquiteturais das redes de telecomunicações, tal como as plataformas inteligentes multi serviços em cima de das redes IP – a NGN (Next Generation Networking).

A rede transporte, que hoje combina as melhores funções de comutação por circuito (SDH/SONET, OTN e WDM) e por pacote (normalmente IP/MPLS e Ethernet), é a espinha dorsal da nossa internet.

A internet é uma construção coletiva que integra milhares de redes pelo mundo afora. Como é isso? Vou tentar resumir, mas primeiro, uma “sopa de letrinhas”: Continue lendo!