A Arte de Hackear

Arte Composta é uma técnica artística usada para criar uma imagem a partir de uma “montagem”, utilizando pequenos elementos distintos ou iguais, individualmente descritos; É como um retrato falado feito pela polícia com a pretensão de ser uma semelhança ou semelhança da percepção de uma vítima ou testemunha sobre um suspeito, … e terminou virando Arte Pop como a imagem de Yoda, poderoso Mestre Jedi, que ilustra esta página; A Arte Composta não é uma coisa nova, o visionário artista romântico britânico, poeta, pintor, gravador, William Blake já usava o conceito nos poemas publicados em 1794 e nas gravuras que ilustraram o livro bíblico de Jó , em 1826.
… E porque não dizer que Hackear é uma Arte Composta em TI? Um hacker não é um mero técnico, mas um artista que segue uma filosofia. Ao seguir um código de ética, apenas pessoas com conhecimento criativo podem se tornar grandes hackers. Estudar com afinco, adquirir conhecimento e ter uma variedade de experiências são os primeiros passos para se tornar um hacker. O mais importante é estar equipado com a ética. O conhecimento relacionado ao hacking pode ser considerado uma arma poderosa. O uso indevido, tal como danos monetários, podem resultar em situações de grande risco.

Hackear pode ser uma ação poderosamente destrutiva, e as técnicas de hacking só devem ser usadas para o bem. O mais importante é ter um senso de ética. A tecnologia e a ética devem ser a base para cultivar a capacidade de criar novos valores por meio do hacking.

Quando um indivíduo eleva a tecnologia ao nível da arte, pode-se dizer que ele é um verdadeiro hacker.

Anúncios