Os Hackers de Hollywood

Neste post eu compartilho algo interessante, é apenas por diversão.

Eu, geralmente, uso o ubuntu quando quero fazer uma melhor imersão. Espero que você goste destes efeitos.

Hollywood

Vocês todos viram, no cinema ou na TV, alguma cena de um hacker controlando dezenas de monitores subdimensionados, sobrecarregados com texto em rolagem …

Pois bem, a resposta da pergunta que ficou no post anterior é o pacote hollywood  para o Ubuntu, criado por Dustin Kirkland. Todo o código está no Launchpad e no Github. E ainda toca a música do “Missão impossível”. Só funciona no Ubuntu (e seus derivados) que você pode baixar em http://ubuntu.br.uptodown.com/ubuntu. A instalação do pacote é simples, basta abrir o terminal e digitar:

sudo apt install hollywood

Depois de instalado basta rodar o comando

hollywood

e gozar.

No More Secrets

Outro utilitário de linha de comando, chamado nms ou “No More Secrets”, criado por Bartobri (Brian Barto) para o filme Sneakers, deixa um leigo a pensar quando vê como os hackers, nos filmes, fazem tais coisas quando põem  mãos nos computadores. Não podemos acreditar em nossos olhos quando eles descriptografam senhas e arquivos na linha de comando. Bem, isso é ficção. É apenas uma ferramenta para simular a decodificação de texto. Depois de instalar “No More Secrets”, você precisa digitar

sneakers

na linha de comando para revisitar tal cena do filme.

O código do “No More Secrets” está disponível no GitHub.

Instalação, também no Ubuntu:

sudo git clone https://github.com/bartobri/no-more-secrets.git

cd ./no-more-secrets

sudo make nms

make sneakers             ## Opcional

sudo make install

Visite https://github.com/bartobri/no-more-secrets, você também precisa instalar a libnms, como indicado em https://github.com/bartobri/libnms ,eu fiz assim:

$ which make

/usr/bin/make

 $ which gcc

/usr/bin/gcc

 $ which git

/usr/bin/git

Faça download e Instale:

$ git clone https://github.com/bartobri/libnms.git

$ cd libnms

$ make

$ sudo make install

e o resultado foi este:

LibNMS.jpg

Cmatrix

Primeiro você tem que instalar cmatrix pacote em seu sistema. Ele já está disponível no repositório do Ubuntu, portanto, nenhum repo adicional precisa ser adicionado. Execute o comando:

sudo apt-get install cmatrix

para instalar o pacote cmatrix.

Agora no terminal execute o comando

cmatrix

nmap

Em comparação com outros filmes, “The Matrix Reloaded” apresenta alguma exibição relativamente realista de como hackear um computador. Em uma cena (aproximadamente 1h47m17s), o personagem Trinity invade a rede de computadores de uma usina de energia. Para fazer isso, ela primeiro executa o utilitário de rede nmap contra um computador em tal rede. O nmap informa que a porta 22 está aberta. Trinity então executa o programa ficcional sshnuke que, de acordo com seu terminal, tenta explorar o bug do CRC-32 no software de servidor SSH versão 1. O CRC-32 é um bug real na versão 1 do SSH que permite aos hackers ter acesso a um computador usando um ataque de estouro de buffer (buffer overflow), mas que na realidade foi corrigido em 1999.

O ataque de Trinity usando sshnuke, com êxito, muda a senha de administrador para “Z1ON0101”, que ela então usa para obter acesso administrativo ao sistema.

nmap

O nmap será o tema do próximo post. Uma ferramenta poderosíssima

Nota: sendo Udigrudi, não editei os vídeos ilustrativos, vamos em frente!!!

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s